Top 5: melhores frases do capítulo “Bitter Harvest”

Top 5: melhores frases do capítulo “Bitter Harvest”

Podemos nomear os momentos todos que nos deixaram com aquele frio da espinha, ou unhas faltando pra roer, não é? Raven agindo ao lado de Jaha, Jasper e a tentadora “pílula mágica”, Jaha e a memória fraca, Jackson trabalhando com ALIE. Clarke e Emerson em Polis.O episódio foi chocante em vários detalhes, que nos prendeu em cada segundo. Vamos reviver alguns desses momentos com o Top 5 Melhores Frases do episódio “Bitter Harvest”.

 

1. “Farei o que for preciso”. A frase de Bellamy Blake já foi bem preocupante no contexto em que ela foi colocada, ainda no início do episódio. Após a empreitada realizada pela Blake mais nova, a frase tomou proporções um tanto ainda mais preocupante. Até onde Bellamy vai pra cumprir as ordens de Pike? A frase e a situação toda nos remeteu àquele teaser que assistimos antes da estréia da terceira temporada, onde aparece Lincoln e Octavia surrando-o. Lá sentimos desespero por ele, agora sentimos desespero dele. O que vai ser, Bell?

 

 2. “Não sabe de nada, garota”. Levanta a mão quem sorriu com a lembrança de Ygritte, de Game Of Thrones! Crossovers a parte, Octavia está em apuros, só sabemos disso. E se ao menos esse apuro fosse apenas pela aldeia que ela tentou ajudar… Pike não deixara de lado o fato de que ela está ajudando Kane a atrapalhar seus planos de colonização, então devemos nos sentir um tanto preocupados, sim, com o possível e provável risco de vida que a garota corre. Pela segunda vez. As coisas não estão nada boas para o lado da Blake mais nova, mesmo!

 

3. “Temos traidores no nosso campo”.  Hannah é esperta, a gente sabe disso, mas a frase é redundante. Na noite que Pike assumiu eles estavam traindo a confiança de Abby e Kane para sair ás escondidas e atacar o exército de Indra. É óbvio que há traidores no campo e, por mais que sabemos que Kane é quem está se rebelando silenciosamente em Arkadia, não duvido que seu próprio “clube privado” esteja não totalmente satisfeito com sua autoridade e decisões. E agora ainda temos a preocupação com as tais “provas” contra Kane. O que será que o novo Chanceler vai fazer?

 

4. ” Que você viva para sempre”. Clarke soltou essa frase decisiva para cima de Carl Emerson logo depois de soltar o bordão “Sangue não se pagará com sangue” que temos ouvido com certa frequência; basicamente não sabemos qual delas foi a melhor do confronto. Quando Lexa propôs as duas formas de punição para Emerson, meu pensamento particular foi: mate-o. O problema da equação é exatamente o que Heda quis que as pessoas entendessem. Emerson não poderia responder pelos crimes de outra pessoa. Assim como Arkadia não poderia sofrer pelos crimes de Pike e companhia. E com Emerson banido, todo o tipo de coisa pode acontecer com ele. Curiosos estamos, apenas.

 

5. “Ela era chamada de Polaris”. O comentário de Jaha despertou todo o tipo de desespero em nós. Se Polis já foi Polaris, há 97 anos atrás, não há uma chance  grande de haver um morador da capital Grounder que se lembre daquela época. Como vão explicar isso? A cópia tecnológica de ALIE estará na capital? Sabíamos que aquela torre representativa de Polis era estranha, e agora que tudo faz sentido o frio em nossa barriga é enorme. Se estamos preocupados? Estamos sim.

 

O capítulo teve de tudo um pouco, e vimos que se encaminha para uma guerra. De novo. O que vai acontecer com cada um dos povos? E a Nação do Gelo, como vai agir? Não perca, então, o próximo episódio, “Thirteen” na próxima quinta (03), aqui no site!

 

© Texto: Dheel Hauptmann – Equipe The 100 Brasil – Não reproduza sem os créditos.