The 100 | Review – 4×08: God Complex

The 100 | Review – 4×08: God Complex

“Primeiro nós sobrevivemos. Depois resgatamos a nossa humanidade”.

O episódio da semana passada trouxe uma grande discussão sobre o preço a ser pago pela sobrevivência da raça humana, que no caso seria expor um ser humano à radiação para testar o sangue da noite, na pior das hipóteses a cobaia morreria. Mas sacrifícios precisam ser feitos, não é verdade? E apesar de eu ter adorado toda a reflexão sobre a natureza do homem e do que ele seria capaz de fazer para sobreviver, me senti um pouco incomodado com a hipocrisia que isso alimentou, principalmente ao ver o desdobramento dessa decisão no episódio dessa semana.

Os produtores deixaram a impressão de que todos os personagens ali são inocentes, que ao longo das quatro temporadas não tomaram decisões controversas, que não mataram, que por um momento deixaram a humanidade de lado. De repente, todos estão preocupados que matar uma pessoa destruirá a sua humanidade. Por favor!!! Não foi a Clarke quem incinerou centenas de Grounders no final da primeira temporada? Não foi a Clarke explodiu Mount Weather? A própria Clarke que é chamada de Comandante da Morte. No começo dessa temporada vimos a Octavia matar um embaixador a sangue frio pra conseguir o que queria. Cito esses exemplos por serem os que me vem à mente com mais clareza no momento, e em nenhum instante vi ninguém preocupado com corromper a sua humanidade. Foi feito o que precisava ser feito, na hora que deveria ser feito e quando o único inimigo deles era o próprio homem.

É sério que hoje, com a radiação batendo na porta e eles correndo contra o tempo, vão se preocupar com moral e com o que o homem deve ou não fazer? Desculpa, gente, mas para mim isso é a maior burrice. Se o sacrifício de um é a solução (na situação e cenário no qual eles se encontram) para a sobrevivência de milhares, não é difícil enxergar pra qual lado a balança pesa mais rápido. É difícil, lógico, mas é NECESSÁRIO.

Logo, para mim, todas aquelas cenas no laboratório da Becca com a descoberta da jogada da Emori, e toda aquela ladainha de ‘certo ou errado’, foi a maior vergonha que a série já mostrou até agora. E olhe que temos o Jasper passando vergonha a três temporadas, sendo desnecessário, e nem isso chegou aos pés daquelas cenas. Tudo foi tão irônico e inaceitável, que agora a Abby destruiu a última esperança que eles tinham em saber se aquele sangue da noite funcionaria (isso é claro se a Clarke não decidir caminhar por uma estrada radioativa e depois voltar pra dizer se funcionou ou não).

Anteriormente eu havia dito que a introdução daquela história sobre os Bunkers da seita que o Jaha descobriu, não fora jogado ao acaso e mais tarde isso voltaria a ser trabalhado. Não me enganei. Mas burro é quem acredita que aquele abrigo irá conter TODO MUNDO. E a pergunta que não quer calar caso essa minha afirmativa se mostrar errada, é: por quanto tempo? Engraçado, não é? Poderíamos testar um plano reserva pra ter certeza se acertamos o Sangue da Noite… espera, não dá. Pena.

Torço para que eles encontrem uma solução para aliar ao plano do Bunker (espero que a Clarke prove que o sangue funciona), mas que essa solução não seja estendida ao Jasper e que ele faça o favor de morrer e nos livra dessa constante agonia que é tê-lo na série. Confesso que não tenho paciência para esse personagem, vocês já perceberam e não é de hoje. Uma pena que um personagem com tanto potencial, como vimos na primeira e segunda temporada, se transformou nesse embuste desnecessário, e que só serve para contrariar as decisões que são tomadas, e que desistiu da vida.

Todos têm a esperança de que uma solução pode ser encontrada para que sobrevivam à onda de radiação, ele sabe que é possível, mas ele desistiu de tudo. Ele prefere abraçar o confortável e esperar a morte, do que levantar e ajudar a encontrar a solução que lhe garantirá mais um dia de vida. Patético. Se pra ele a solução mais fácil é aceitar a morte, então MORRA, INFELIZ!

Enfim, The 100 só voltam dia 26 de abril, e até lá ficaremos sem saber quais serão os desdobramentos dos eventos vistos essa semana.

  • Gabi Valentim

    Bato palmas para sua review!

  • Fernanda Bueno

    Perfeita a review, the 100 é minha serie preferida de todos os tempos, já assisti todas as temporadas mil vezes, mas nem isso me faz defender esse episodio, vc disse tudo, foi ridículo aquele drama todo, mas vamos ver, torço pro JASPER MORRER LOGO, AMÉM, e que não terminem de cagar na série.