The 100 | Review – 3×16: Perserve Instantiation (Part Two)

The 100 | Review – 3×16: Perserve Instantiation (Part Two)

É isso aí, caros leitores, mais uma temporada encerrada de forma fantástica. The 100 conseguiu conduzir uma trama que ninguém esperava encontrar nessa série com uma facilidade incrível, pois ela vinha se esgueirando sorrateiramente no meio dos plots de mais destaque e, de repente, ela eclodiu e assumiu o total controle do restante da temporada. Podemos dizer que fomos arrebatados pela influência da ALIE durante a reta final da temporada, e fomos jogados dentro de uma experiência indescritível. Entretanto, nem tudo são flores. Aqui, depois da calmaria sempre haverá uma tempestade. E como disse o querido Murphy: é apenas mais um dia na terra.

Quem acreditou que a tensão havia se limitado ao final do episódio da semana passada se enganou. Posso dizer com toda certeza que esse episódio foi o mais tenso de toda a série, principalmente durante as cenas finais. Acredito que, assim como eu, todos que assistiram ficaram inquietos ao ver a Clarke naquela dúvida cruel de desligar ou não a ALIE para salvar o mundo. Sou até capaz de citar algumas frases que, provavelmente, vocês gritaram nessa hora: “puxa logo essa alavanca, retardada”, “vá, minha filha, o tempo está acabando, vagabunda”, “eu chamo os meus advogados na Alemanha” (brincadeira). Enfim, foram cenas fortes e tensas de assistir.

Primeiramente, quero agradecer ao Jason por não ter descontruído a mitologia da série ao simplesmente decidir que a Clarke era capaz de acessar a Chama mesmo sem ser uma Sangue da Noite, apenas por sua fibra moral. Utilizar a técnica de transfusão de Mount Weather apenas para permitir que a loira fosse capaz de conseguir a informação que queria, foi uma saída perfeita e coerente. Chegar até o botão para eliminar a ALIE foi uma caminhada difícil, mas Clarke se manteve firme, mesmo quando seu corpo começou a fraquejar por conta dos problemas durante a transfusão (obrigado, Abby e Murphy por terem sido tão dedicados nessa tarefa). Felizmente, para a alegria geral mundial (não só da Clarke), a presença da Lexa foi um fator decisivo para o sucesso da missão. Não falo isso apenas por nos dar um momento Clexa, mas por ela ter estado presente em dois momentos decisivos para que a loira tivesse a chance de lutar.

Muitos foram os obstáculos. Na Cidade da Luz, Clarke enfrentou um exército de minions da ALIE, e dentro da Polis os nossos resistentes enfrentaram com todas as armas que puderam para deter os minions físicos. A invasão da Polis foi um momento muito delicado, pois tudo poderia dar errado naquele momento, e provavelmente era o que teria acontecido caso a Raven não tivesse quebrado o Firewall e aberto uma saída para a Clarke. Nesse momento, Becca Pramheda dirige-se à Clarke como “Comandante”. Os Grounders, querendo ou não, terão que aceitar que eles tiveram uma Comandante sem ser fruto do seu povo por alguns minutos.

A cena na estação espacial, como já falei e não me repetirei, foi um momento muito tenso. ALIE estava praticamente finalizando a atualização do seu sistema e a qualquer momento ela poderia assumir o controle, e a presença da Clarke ali seria em vão. Ela até tentou convencer a loira mostrando as consequências da decisão dela. Apontou-lhe mais uma emissão radioativa que impossibilitaria a vida na terra dentro de seis meses, e, mais uma vez, Clarke deveria ter que carregar o fardo de mais uma decisão sua para o bem do seu povo. Sabemos que nos segundos finais ela desligou a ALIE, acabou com toda a influência cerebral que ela matinha sobre os demais, e voltou para a sua realidade carregando uma notícia não muito agradável, mas que ela ainda não foi capaz de compartilhar. Como eles lidarão com mais essa ameaça, que é iminente e eles não poderão escapar, nós não sabemos. Mas vamos torcer para que exista uma saída, não é mesmo? Só nos resta esperar o desenrolar desse gancho na próxima temporada.

Eu não poderia terminar essa review sem antes comentar sobre a Octavia nesse episódio. Ela nos deu o que tanto queríamos, a morte do Pike. A garota ainda nutria o seu desejo de vingança e por um minuto deixou que ele a consumisse e quase pôs a resistência em risco. Felizmente, mais tarde ela engoliu esse orgulho, lutou ao lado do homem que matou o amor da sua vida e, quando alcançou a vitória, desferiu o golpe final, agarrando a sua vingança como um troféu tão esperado. Aplaudirei a decisão da Octavia até o fim dos tempos, pois ela cumpriu com a sua palavra. Aplaudirei porque mesmo nesse episódio o Pike ainda manteve o mesmo pensamento burro que os levou àquela situação, o que justificaria que se ele tivesse a chance de fazer tudo de novo, ele faria exatamente igual. Muito obrigado, Octavia.

Muito obrigado a vocês que acompanharam mais uma temporada e que sempre dedicaram um tempinho para vir aqui ler e comentar as minhas impressões sobre o episódio.

May we meet again!

  • Maycow Rodrigues

    Acabei de assistir o ep final e to emocionado e sem chão. 🙁
    Queria agradecer vocês do site por estarem fazendo um excelente trabalho de nos trazer informações e ajudando a divulgar a série; <3
    Forte abraço e até a Season 4.

  • Dieska Lourenço

    Ufa, terminei a season finale agora.
    Confesso que pelo que li, que os atores falaram, eu esperava um pouco mais. Sim, eu achei incrivel o episódio, mas sinceramente eles fizeram muito alarde, muita propaganda e não acho que foi tudo que disseram que seria. Mas ainda assim houveram varias coisas que me surpreenderam de maneira positiva. A participação da Lexa foi certeira e essencial, claro que para o momento Clexa eu esperava um beijo um pouco mais “beijo” kkkk’ mas tranquilo, a questão não é essa, como estava dizendo a participação dela foi essencial para o sucesso da missão da clarke e o desenvolvimento do episodio em si, e convenhamos, ela é incrivel né, o que faz com que eu ainda me pergunte como um personagem tão foda, morre de uma forma tão besta, mas ok, passado.
    Prosseguindo, a Raven é sem dúvida a minha favorita, ela é simplesmente fodaaaaaa.
    Se teve um personagem que me surpreendeu suuuuper do ínicio da série, ao final dessa temporada, é a Octavia, ela se tornou simplesmente incrivel. O Murphy é o cara, odiava, agora amo kkkkk’. A Clarke, podem dizer milhares de coisas ruins, criticar e tudo mais, mas convenhamos que ela é fodastica, ela toma todas as decisoes mais fodidas, ela sofre pra caramba, não é atoa que ela é o centro de tudo. Monty meu queridinho forever.
    Enfim continuo amando e recomendando a série! E vamos aguardar a Season 4 para saber as mortes que nos aguardam kkkk’
    beijos e até 2017!!!

  • Gilmara Da Silva Reis

    Sim realmente fizeram alarde mais do que o necessário, eu também esperava um pouquinho mais, devido a sequencia de episódios excelentes que estávamos acompanhando.

    Sem duvida o ápice foi Lexa no episodio, a entrada e todos os momentos e falas deixaram todos nós paralisados, ainda bem que Jason cortou a cena em que ela morreria novamente,, é INEGAVEL A FORÇA DELA E A JUNÇAO DELA COM CLARK, mesmo que lá na frente aconteça de Clark se apaixonar pelo Bellamybosta, será fraco.

    LEXA é a FAV FOREVER (MERECE UM SPIN OFF SIM) , NINGUEM NA SERIE NEM Clark a supera, amo Clark e ela ( Eliza) arrasou novamente.

    Raven e Octavia também estavam ótimas, sem esquecer de ABBY e Murphy( a grande surpresa da temporada) Erica Cerra também como atriz deu um show.

    Sempre acreditei que Clark iria se auto inserir a Chama (pontos para mim) só não imagina que seria daquela forma, mas enfim achar uma nova Heda na 4° temporada, acho que não será mais importante. Agora o que a Clark vai fazer com a Chama? Já que ela não foi destruída, e será que ainda poderemos ver Lexa devido a Chama AINDA EXISTEIR, SÓ EM 2017.

    E acredito que o plot de a terra ter apenas 6 meses será o grande foco na próxima temporada, e talvez já seja a ultima, devido a baixa audiência americana, THE 100 merece um final digno e não apenas ser cancelada sem um fim. Escrevo como fã e quero um final descente , sem a serie ser cancelada.

  • tvs –

    Por alguma razão, depois que o Jasper sai da sala para pegar umas bebidas achei ele muito estranho, pensei até que ele veria a Alie, mostrando q ela conseguiu “sobreviver”…

  • Matheus Cuti

    Gente, para tudo. Ninguém mais sentiu falta da Indra? O que aconteceu com ela ? Ficou na cruz enquanto os ouros comemoravam a vitória ? ;(