The 100 | Review – 3×08: Terms And Conditions

The 100 | Review – 3×08: Terms And Conditions

Se você estava achando os conflitos políticos da Polis algo sem solução, onde ninguém está disposto a ceder para que as coisas possam fluir de maneira saudável, então não deve ficar surpreso com o que vem acontecendo em Arkadia desde que Pike assumiu a liderança da comunidade.

Depois de um episódio intenso como o da semana passada, The 100 nos coloca por dentro do que estava sendo desenvolvido na arca, uma maneira discreta de dar a Polis um momento de luto pela perda da Lexa. É de comum entendimento para todos nós que Arkadia declarou guerra aos Grounders, mesmo estes estando “dispostos” a aceita-los como um dos seus, lhe dando segurança e garantia de que não fariam mal algum. As ordens da Comandante foram bem claras, lembram? Entretanto, Pike, num ato de completa burrice (não há outra palavra para se utilizar), ordenou o assassinado do exército Grounder que estava ali para proteger a comunidade, e além disso, deu carta branca para que dizimassem uma vila para que eles pudessem usar as terras para garantir a sobrevivência dia Arkadia.

Eu, sinceramente, sinto repulsa das atitudes do Pike como Chanceler mesmo tendo total consciência de que para ele tais ações são as mais certas a serem tomadas devido ao seu primeiro contato com os Grounders. Entretanto, vale ressaltar que o contato que os 100 primeiros jovens que vieram à terra, não foi nada fácil, assim como não foi fácil paras as pessoas das diversas estações que vieram junto com Kane e Abby. A única diferença entre esses dois extremos é que as desigualdades e desentendimento entre ambos os povos já haviam sido eliminados, ou pelo menos começaram a viver em paz, sem aqueles ataques constantes.

The 100 3x08

A total inversão dessa situação, onde vemos um Pike cego e disposto a passar por cima daqueles que são seus aliados para fazer funcionar seu plano, é repulsivo. A inversão moral dos valores do Bellamy é outro ponto que vem incomodando a todos recentemente, e isso ficou bem claro nesse episódio onde o vemos lutando com as suas próprias contradições, mas que por orgulho (talvez?), ou medo de admitir o erro, prefere permanecer irredutível na sua posição. Não é saudável manter um personagem que já havia construindo uma identidade e firmado uma moral, de forma instável. Do tipo que em um momento de fúria se deixa agir de forma burra, mas mais tarde se amedronta ao ver que foi longe demais e algo precisa ser feito.

Bellamy nesse episódio foi um frouxo, na minha opinião. Ele tinha todas as armas nas mãos para aliar-se ao Kane e impedir que o Pike desse seguimento à uma ação que traia apenas a morte de todos os Arkadianos. Durante a rebelião orquestrada por Marcus, é possível perceber que Bellamy encontra-se numa batalha pessoal, mas não consegue agir de forma a tomar o lado correto da luta. Essa questão de questionamento do tipo “estamos fazendo a coisa certa” teve um peso muito forte para ele, Monty e para o namorado do Nate. Eles estão lutando uma guerra que não é deles, que é fruto da pura ignorância do Pike, e isso está desconstruindo cada um deles aos poucos.

Felizmente ao final do episódio, ao ver Kane ser sentenciado à morte por conta da sua “traição”, Bellamy cria bom senso e percebe a mancada que está fazendo. Espero que ele, com a ajuda de Monty e de mais alguém, seja capaz de intervir antes que as coisas piorem, pois não sabemos como os Grounders irão reagir à notícia da morte da Lexa, ou como o (a) novo (a) comandante se posicionará nessa guerra. É tudo muito incerto.

Na semana passada fomos agraciados com aquele magnífico flashback sobre a origem da Polis, consequentemente sobre a criação da ALIE e da sua real função, e lembro de ter dito que essa mitologia promete ser interessante, bastante rica, mas uma pena que foi mal introduzida ao trazer esse Jaha insuportável. Essa semana continuo defendendo o mesmo posicionamento. Esse pequeno plot da Inteligência Artificial tem muito o que render, pois já vimos do que a ALIE é capaz e de como ela consegue influenciar os humanos que ingerem os chips desligando a sua capacidade emocional. Não está claro as intenções da ALIE em relação à sua segunda versão, mas a Raven meio que percebeu que coisa boa não vai sair dali. Mas será que ela será capaz de impedir o que está por vir?

Isso é o que teremos que descobrir nos próximos episódios.

Até o retorno.

  • everton junior

    ta muito top….sempre tem um pra fazer cagada!!(pike) eu acho q bellamy vai cair na real e parar de ser tao mané(kkk).

  • Kapenga01

    Que Bos… de episódio, depois de um episódio foda me colocam uma porquera dessas.