Spoilers: Será que Clarke vai sacrificar o Finn?

Spoilers: Será que Clarke vai sacrificar o Finn?

Até onde você iria para salvar a pessoa que você ama?

Essa é a pergunta Clarke (Eliza Taylor) é confrontada na final da midseason de The 100, quando ela é forçada a escolher entre fazer o que é melhor para o seu povo ou poupar a vida de Finn (Thomas McDonell).

Nós conversamos com Taylor para conseguir spoiler sobre grande decisão da Clarke e que está por vir com Clarke e Bellamy.

Clarke sempre foi alguém que faria qualquer coisa para proteger seus amigos. Mas vale a pena colocar todo o acampamento em risco para salvar a vida de Finn?

Eliza Taylor: Não, provavelmente não é a melhor idéia. Mas você sabe, Finn é uma espécie de amor de Clarke. Então acho que sua reação imediata é a de protegê-lo e mantê-lo seguro. Ela não pode ver transformá-lo em como uma opção no momento.

Então, quais são os próximos passos?

Taylor: Seus próximos passos para salvá-lo é para mantê-lo longe de não só o exército de terras-firmes, que está esperando do lado de fora, mas também dos Arkers que estão girando contra ele. Se torna uma situação muito intensa, por isso ela está tentando escondê-lo da melhor maneira possível.

Será que vamos vê-la finalmente perdoá-lo?

Taylor: Eu acho que mesmo no final do último episódio, ela está perdoando. Vendo o quão duro ele está sendo para si mesmo a fez perceber que ele não fez nada com sangue frio. Ele fez isso porque ele foi cegado por seu amor por Clarke e sua determinação para encontrá-la.

Como é que Finn lida com a situação?

Taylor: A coisa sobre Finn é que ele não perdoou a si mesmo. Ele acha que ele merece ser entregue. Portanto, não se trata apenas de mantê-lo a salvo deles. Trata-se de mantê-lo a salvo de si mesmo também.

Foi chocante ver como ele mudou tão rapidamente e fez aquelas coisas terríveis nesta temporada. Você acha que Clarke e os outros estão em perigo de possivelmente atingindo seu máximo?

Taylor: Absolutamente. Eu acho que uma coisa que realmente vai focar nesta temporada é como as pessoas agora vão para permanecer vivo. E em que ponto você se torna o vilão? Então eu acho que é definitivamente vai ser explorada com, não apenas ele, mas com outros personagens.

Clarke e Abbie são ambos curadores que são usados para salvar a vida das pessoas. Você acha que ajuda ou atrapalha suas habilidades para liderar seu povo e tomar essas decisões difíceis em um tempo de guerra?

Taylor: Eu diria que definitivamente dificulta sua capacidade de tomar decisões difíceis. Mas, ao mesmo tempo, eles são muito bons em manter a calma em situações muito assustadoras. Então, eu acho que isso é um ponto positivo. Esse é o resultado disso.

As pessoas estão lutando para descobrir que tipo de sociedade que vai ser na terra.

Taylor: Eu acho que vai ser muito interessante avançar tentando estabelecer a aliança Terra-Firmes e Arca. E eu acho que há uma possibilidade de eles adotar formas diferentes, porque a Arca tem muito a aprender com os terras-firmes e os terras-firmes têm muito a aprender com a Arca. Acho que se pode fazer essa aliança acontecer, eles provavelmente pode prosperar muito melhor como uma civilização.

Na semana passada, Abbie assumiu um risco com Clarke. Será que vamos continuar a vê-las trabalhar em equipe no final da midseason?

Taylor: Eu acho que Abbie agora tem uma fé muito mais forte em sua filha e está começando a vê-la mais como adulta.

Como os eventos de mudança no final da midseason vai afetar Clarke daqui para frente?

Taylor: Eu acho que este final da midseason é definitivamente vai ter um enorme efeito sobre Clarke, se eles podem salvar Finn ou não. E eu acho que os fãs podem esperar muitas grandes reviravoltas em termos dos eventos no episódio.

A série não tem escrúpulos em matar personagens principais. Você se preocupa que você é a próxima?

Taylor: Ah, sim. Eu apenas tento estar bem comportada no possível. Compro chocolates á todos, certifico de que eu estou me comportando bem.

Clarke e Bellamy são um par que são os favoritos dos fãs. A sua relação vai evoluir ao longo da temporada?

Taylor: Eu acho que isso vai evoluir da mesma maneira que foi evoluindo. Eles são uma equipe muito boa e eles funcionam tão bem. E eles têm os mesmos pontos de vista sobre como sobreviver. Você vai vê-los a trabalhar em conjunto para combater o inimigo, como sempre fizeram.

© Tradução: Matheus Ferreira – Equipe The 100 Brasil – Não reproduza sem os créditos.