Review | The 100 – 3×03/04: Ye Who Enter Here / Watch The Thrones

Review | The 100 – 3×03/04: Ye Who Enter Here / Watch The Thrones

Devido a alguns contratempos relacionados à semana do Carnaval a review do terceiro episódio de The 100, Ye Who Enter Here, acabou não sendo publicada como de costume. Sendo assim, para não faltarmos com vocês a discussão do episódio em questão, assim como a do recém exibido, Watch The Thrones, será desenvolvido nessa única publicação por uma questão de estética, organização e praticidade.

Pedimos desculpas (peço desculpas) pelo inconveniente, e espero que vocês desfrutem um pouco da nossa impressão sobre os episódios.

Acredito que muitos ainda devem se lembrar, mas tamanha foi a surpresa de Clarke ao ver a Lexa na sua frente. A fúria que a Wanheda sentiu foi palpável, e não era de se esperar o contrário. A traição da comandante foi um golpe baixo (mesmo sendo por sobrevivência) e Clarke não aceitou isso muito bem. Essa mesma traição teve consequências gravíssimas para a Lexa, pois ela não só perdeu uma poderosa aliada (Clarke), mas também a força da sua posição como Comandante aos olhos das outras nações.

capture-20160212-231258

Para entendermos as complicações desse terceiro episódio devemos primeiro compreender que por a Clarke ter destruído sozinha Mount Weather (maior inimigo dos Grounders), e tornando-se a tão poderosa Wanheda, uma nuvem escura foi jogada sobre o poder da Lexa fazendo com que ela fosse vista como fraca, e dessa forma, vulnerável a qualquer um que se apresente mais forte do que ela. Daí que a iniciativa de propor uma aliança entre os povos, onde Arkadia se curvaria diante da Lexa (consequentemente a Clarke também) tornando-se um único povo sob o comando de apenas uma pessoa, subjugaria o poder total da Wanheda provando para todas as nações que a Comandante ainda continua forte e estável.

Como bem pensado por Clarke e Kane, essa aliança seria sim favorável para os dois lados em questão porque teriam muito mais força para se defender de um ataque iminente da Nação do Gelo. Eles recusando a aliança, Lexa seria destronada e uma guerra seria instaurada e respingaria diretamente em Arkadia, que pereceria sem nem tempo de respirar.

De uma forma ou de outra a guerra aconteceria, e por isso a Rainha Nia mandou Echo plantar uma informação falsa em Mount Weather, levando Bellamy e os outros até a Polis com as palavras de que a Nação do Gelo atacara e destruíra completamente o Bunker. Mais uma vez MW caiu, e dessa vez para sempre.

Os atritos entre Clarke e Lexa continuam constantes, mas talvez essa guerra seja suficiente para reaproximar as duas. Mais uma vez Clarke está depositando a sua confiança nas mãos da “amiga”, mas parece que agora as palavras da Lexa foram muito mais verdadeiras. O ato de ajoelhar-se diante da Clarke demonstrou não apenas o seu arrependimento por tudo o que fizera e pela dor que a fizera sentir, mas provou que elas estão unidas, que seus povos estão unidos.

Infelizmente essa situação pode mudar drasticamente nos episódios seguintes devido ao posicionamento rigoroso, e cego, de Pike que devido à sua visão “deturpada” do que seria uma verdadeira convivência pacífica com os Grounders, prefere vê-los como inimigos do que como aliados, consequentemente colocando em risco a segurança de todos em Arkadia pensando que está os protegendo. Estava faltando um Jaha 2.0 para quebrar Skai kru por dentro e fazer com o que tudo que foi construído em duas temporadas venha abaixo em poucos episódios.

3x04

Antes de me aprofundar mais em Watch The Thrones, quero deixar extremamente claro aqui a minha insatisfação com o Jason por ter armado esse plot de desconstrução, principalmente em relação ao posicionamento BURRO do Bellamy. Há quem defenda a ideia de que o roteiro precisa de movimento para seguir fluindo, mas, poxa! Apelar para um embate Arkadia/Grounders que há muito já foi consolidado, é preguiça! O Jason errou feio ao utilizar o Bellamy nessa trama, pois o colocou numa posição que contradiz completamente o seu caráter e a postura que ele construiu ao longo das temporadas anteriores. Se você quer buscar o amadurecimento de um personagem, não o desconstrua no processo. Sei que os produtores possuem uma ideia bem clara de ondem querem chegar com tudo isso no final, mas não é meio bobo repetir um atrito que que foi palco principal das duas primeiras temporadas?

Não havia necessidade para apelar para uma saída tão medíocre como essa pra dar seguimento ao roteiro. A guerra entre a Nação do Gelo e a Tree Kru tinha muito mais a oferecer, e render, caso não tivessem suspendido toda aquela tensão nesse episódio. A imagem impiedosa e amedrontadora que tentaram vender da Rainha do Gelo, Nia, foi simplesmente apagada como num passe de mágica. O que a meu ver foi um erro precipitado. A personagem tinha muito o que ser explorada, e a prova disso foi a postura dela diante ao conselho dos embaixadores ao desafiar a Lexa. Da mesma forma quando a vimos agir de forma impiedosa ao ver que Clarke estava tentando engana-la e envenena-la. Uma pena!!!

O grande destaque desse episódio se deu pela postura firme da Lexa na sua batalha contra os seus inimigos. Ela realmente tomou o papel de líder, permaneceu fiel às suas palavras e deu seu próprio sangue para defender seu povo. Sua postura em combate não só definiu sua força para todos os clãs presentes, mas como também a colocou de volta ao controle. Para Clarke a vitória dela foi um alívio, e logo vimos a loira dando sinais de compaixão pela amiga.

3x04 2

A morte de Nia, assim como a ascensão de Roan ao trono de Azgeda, é um tema extremamente incerto para o povo de Lexa. Ninguém sabe qual será a reação desse povo a tudo o que aconteceu nesse episódio, entretanto, uma coisa é certa: a decisão de transformar Pike no novo Chancelor vai intensificar ainda mais a ira dos grounders e pôr em risco tudo o que eles construíram com Arkadia.

Na parte menos interessante, só para encerrar esse texto, temos o Jasper que vem se apresentando mais inútil e desnecessário do que nunca. Um personagem tão legal e promissor desde o começo da história vem sido tratado como bosta nessa temporada, levando os fãs a odiá-lo a cada episódio. Pelo menos ele pode ter uma solução, diferente daquele plot cansativo do Jaha que há dois episódios não dá as caras para a alegria geral da humanidade.

Espero que tenham gostado do pequeno resumo e que estejam dispostos a comentar. Desculpe pelo atraso… vejo você na próxima semana.

  • Ѳ Adele Beatriz Ѳ

    Também acho que erraram, fizeram tanto alarme com a rainha do gelo pra mata-la tão rapidamente. Nia era uma personagem que deveria ter sido mais explorada.

    Jasper era um cara legal e agora é um personagem insuportável, ou ele volta a ser como era ou é melhor matá-lo, não sei pq perdem tempo mostrando ele bêbado ao invés de darem espaço para a Raven que até agora tem aparecido bem pouco

  • Louren Mayara

    Concordo plenamente que o fim da Ice Queen foi precipitado, mesmo tendo sido bem feito, e acrescentou muito tanto em Polis quanto em Azgeda, que realmente são muito interessantes.

    Não acho que a situação atual do Bellamy seja um “regresso”, mesmo ele tendo evoluído nas seasons anteriores, ele tá fazendo o que sempre fez antes, tomado um decisão de alguém sobre algo e de alguma forma se adaptando a isso com sua própria visão, mesmo dessa vez sendo totalmente errada, o que vai provar se ele evoluiu ou não, é se ele vai perceber e corrigir o seu erro.

    Jasper realmente tá um pé no saco e olha que nem tenho um saco.

    Quero MUITO saber mais sobre o passado de Lexa e de Polis, origens e cultura, faz esse favor Jason <3

  • Breno Branco

    Não to entendendo nada dessa terceira temporada. Inventaram coisas do nada ou não to lembrado de nada das histórias da primeira e segunda temporada? de onde surgiu esse tal de Nação do Gelo? 12 Clãs? `Virou Game Off Thones? Do outro lado com o Jaha com a Mulher virtual, onde um cara morre e volta? virou Lost? Não tiravam ideias para dar continuidade e arrumaram coisas do nada como essa tal de Nação do Gelo p/ ter + guerra? E esse povo da Lexa que morava no mato, agora aparece numa torre, e em volta dela? com roupas diferentes, e fazendo comércio? virou bagunça. Virou Lost.

    • Kezia Karinne

      De novo ? rsrsrsrsrs

    • Kezia Karinne

      Copie e colei uma resposta digna pra sua opinião desinformada :
      “Você além de realmente não estar lembrando da segunda temporada,
      também falou merda quando disse que inventaram coisas do nada. Isso é
      uma obra de ficção, e estão inventando coisas do nada desde a primeira
      temporada. É a mesma coisa que perguntar de onde surgiu essa história de
      uma arca no espaço, um planeta cheio de radiação e 100 jovens que
      pousaram nele, assim, do nada.

      Essa tal de Nação do Gelo e os 12
      clãs tem sido citados desde a segunda temporada, mas caso você tenha se
      esquecido também, a história da segunda temporada era sobre a luta
      contra Mount Weather. Agora a série evoluiu, e a não ser que ela fosse
      cancelada, precisavam contar uma trama diferente da mesma história, que
      os produtores já estavam planejando desde quando a segunda temporada
      estreou. E já na segunda temporada, preparam o terreno para a nova
      trama, que envolvia saber mais dos 12 clãs e a história dos grounders na
      Terra. Isso foi dito várias vezes pelos produtores durante a execução
      da terceira temporada.

      O povo da Lexa nunca morou no mato. Assista
      as duas temporadas de novo, pois em nenhuma delas foi dito que os
      grounders moravam no mato. Pelo contrário, foi dito que havia vilas,
      como Tondc, e a Pólis, que como a Lexa disse para a Clarke, mudaria a
      forma que ela enxerga os grounders, assim como fez conosco. Sim, eles
      têm comércio, apenas não tínhamos visto antes. “

  • thais ty

    Sei que muita gente como nesse Review pensa que o Bellamy regrediu ao tomar aquela decisão,porém não concordo com isso,acho sim que os personagens devem evoluir,mas nunca mudar sua essência,Bellamy nunca foi um cara institucionalizado,ele claramente sempre desafiou ordens e sempre prefere o caos,isso sempre se refletiu em todas suas atitudes,Bellamy tem a famosa síndrome de Lex Luthor ele tem boas intenções através de péssimas atitudes,e tudo isso ainda se agrava mais sem a Clarke por perto ele claramente se torna instável,eu sei que a maior parte das pessoa gostam dele assim como eu,pois sempre adimirei suas intenções,mas nunca sua atitudes,acho que eu claramente vejo vários Bellamys na vida Real,são pessoas que sempre se alto sabotam. Outro ponto é que na minha opinião a Clarke funciona como um espécie de grilo falante e sempre o guia como se fosse sua consciência,acho que sem ela ele perde isso,então acho essa reviravolta dele sensacional não compreendo a revolta,já que no início da temporada tivermos mais uma prova da síndrome de herói do Bellamy quando ele vai sozinho salvar a Clarke,só que nessa ocasião isso veio com tom heróico,mas já mostrava claramente que ele sempre busca o conflito.

  • Mayara Souza

    Também acho pouquissima criatividade dos criadores retornarem com essa guerra com os grounders. Tava indo muito bem eles como 13 clã e a Lexa dominando tudo. E quem mais ta me irritando e o Pike. Ele vai ferrar com tudo. Graças ao universo pelo Jaha sumir. Aff, não gostei.

  • Marcos Filipe

    ir nessa linha de Arkadia/Grounder, é de fato desnecessário. Não pra acreditar que o novo chanceler possa achar que pode vencer todos os Grounders. Nos lembremos da vez que eles queriam a cabeça do Finn. Era uma infinidade de gente cercando Arkadia. E olha que nem era todos os clãs. Não é possivel. essa vibe deve ser só uma virgula. logo deve acabar e deixar consequencias.

  • Não cansam de guerra não? È acabando uma e começando outra, eu adoro a historia da serie, mas gostaria que eles mostrassem mais como a terra está após a radiação e um pouco dos outros clãs, como na primeira temporada mostrando os animais e a nuvem de radiação.

    Japer está num crise emocional, não supera as coisas, mas com atitude do Monty espero que ele cai na real e volte a normal. Esse novo Chanceler só vai causar mais guerra, as coisa estavam praticamente se acertando com os terras-firmes porém ele e outras pessoas se deixaram se levar pelo ódio e raiva que tinham por eles por causa dos acontecimentos passados. Lembrando que provavelmente a aquela mulher holograma provavelmente tem algo em mente pra fazer com todo mundo, e pelo que eu vi, creio que não seja boa coisa.