Review – 2×15: Blood Must Have Blood Part 1

Review – 2×15: Blood Must Have Blood Part 1

As coisas estavam bonitas e perfeitas demais em The 100. Numa sequência inigualável de episódios onde todas as ações foram bem sucedidas, ficou aquela simples questão no ar: será que realmente tudo sairá como o planejado?

Pois é, caros companheiros, está na hora de abraçarmos a frustração.

Iniciamos a caminhada final para a Season Finale com “Blood Must Have Blod Part 1”, carregando uma pesada sensação de frustração, como comentei anteriormente. Acompanhamos os entraves que o povo da Arca e os Grounders travaram e seguiram em frente, conseguido assim, de certa forma, uma aliança segura que garantiria a liberdade de todos que estavam presos em Mount Weather. Um plano extremamente longo foi arquitetado, e no processo deste muitas vidas foram sacrificadas, e outras se expuseram a grande perigo. No final das contas, alianças são mais fáceis de quebrar do que construir, basta saber fazer a oferta certa. Mount Weather ganhou na loteria e conseguiu garantir mais alguns momentos de vida.

Sim, eu também estava animado e extremamente empolgado para assistir a queda daquele povo cruel e mesquinho, ao mesmo tempo em que os Grounders e a Arca se consolidavam como povos amigos. No fundo, bem lá no fundo, carreguei comigo a possibilidade do plano falhar, só não esperava que as coisas ganhassem um contorno tão doloroso. O episódio fez questão de nos mostrar todas as ações pré-determinadas para o ataque a Mount Weather, com todas as equipes posicionadas em locais estratégicos e prontos para acabar com o inimigo aos poucos. Com isso pudemos ver o quão equilibrada e segura estava a relação entre os dois povos, pois eles estavam se complementando nessa batalha. Entretanto, Cage percebendo o quanto foi amador, recorreu ao pai por conselhos e descobriu o que realmente precisava fazer para manter todos vivos, e, dessa forma, correu para o lado da força que estaria mais propícia à traição.

Muito se tem comentado sobre a atitude da Lexa nesse episódio. Levantei o termo “traição, mas a posição dela, de acordo com o caráter da personagem que nos foi apresentado, está longe de ser considerado traição. Entendam, Lexa, durante muito tempo, mostrou-se ser uma líder implacável, ciente de suas obrigações, sacrifícios a serem feitos e decisões a serem tomadas, mesmo que estas fossem contra a sua “razão emocional”. Ela sempre, sempre, priorizou o bem do seu povo. Analisando dessa forma, não podemos julgá-la por ter dado pra trás com a Clarke na hora H, deixando a loira completamente despreparada e atordoada.

The 100 - 2x15

É claro que dói ver o quanto as duas se aproximaram, o quanto os seus povos se uniram, e, de repente, uma agir com uma atitude tão egoísta. É claro que podemos dizer que isso se deu porque a Clarke não deu certeza de um relacionamento à Lexa, e esta por sua vez fez certa birra (o que eu acredito que não seja o caso). Assim como a Clarke, todos nós fomos pegos completamente de surpresa, e a única coisa lógica que explodiu nas nossas cabeças durante a “traição” foi que aquilo tudo poderia ser uma encenação bem arquitetada para fazer Mount Weather acreditar que a aliança havia sido quebrada. Entretanto, enquanto os segundos vão passando, fica mais evidente que não era farsa e que a Lexa realmente agiu com a “razão” para salvar seu povo. Há quem diga que ela desde o início só estava utilizando a força da Clarke para chegar até ali, mas eu prefiro não ver dessa forma.

Infelizmente o plano falhou e tudo foi comprometido. Na verdade, as ações previstas pela Clarke chegaram a ter efeito, como por exemplo a parte da Raven e do Wick, as ações do Bellamy e a libertação dos Grounders, a invasão dos túneis pela equipe da Indra (esta não podemos considerar completamente, não é?). Pelo menos ela viu que tudo o que planejou realmente poderia ter funcionado, caso não fosse apunhalada pelas costas. Agora ela precisa torcer para que os seus consigam sobreviver dentro daquele abrigo subterrâneo até ela encontrar uma forma de liberta-los de uma vez por todas.

Acredito que a loira, junto com Octavia, invadirão Mount Weather com sangue nos olhos, principalmente depois que descobrirem que mais pessoas da Araca (incluído a Abby) foram levadas para dar seguimento ao tratamento de extração de medula óssea.

Bem, não há muito o que falar, pois esse episódio nos deixa com a cabeça recheada de questionamentos, e divide ao meio a fanbase da série em relação à atitude da Lexa. Mas eu quero saber, e quanto a você, qual o seu pensamento em relação a isso? Deixe o seu comentário explicando o seu ponto de vista.

Até breve.

  • Patrícia

    Lexa all the way! Tô puta com a atitude dela mas, foi compreensível. Fiquei com uma dó dela e da Clarke e super curiosa pra saber o que exatamente aconteceu…. e quero ver sangue né! Pq “Blood must have blood”.

    • Carlinhos Maldonatto

      A atitude da Lexa foi extremamente compreensível, pois se manteve fiel ao que a personagem sempre demonstrou. Não consigo julga-la, sinceramente.

      Também quero ver o sangue rolar.

      Obrigado por comentar.

  • Tatiane Persan

    Eu to bolada, sem palavras, nunca na vida um seriado me deixou tão pasma, estagnada, pasma , estarrecida e por ai vai … hahaha Nem game of thrones me deixou bolada assim hahaha Que odio !

    • Carlinhos Maldonatto

      É muito bom quando nos envolvemos com uma série que nos faz sentir tantas emoções, não é verdade?
      The 100 vem se mostrando uma produção extremamente boa e que envolve o seu público de maneira sem igual.

      Obrigado por comentar.

  • Primeiro, esse episódio foi pessimo. Teve muito planejamento e muita tática, mas pouca ação, pouco suspense e pouca morte.
    Segundo, entendo a atitude de Lexa, se estivesse no lugar dela acho que faria a mesma coisa. É obrigação dela, como lider, salvar o povo dela.
    Mas não acredito que ela agiu inteiramente com a razão, ela só escolheu o caminho mais fácil. Ela agiu pensando no povo dela, mas o pessoal do Mount Weather vai capturar os grounders de novo, se for preciso. Esse povo não tem escrúpulo nenhum.
    Sem contar que, os ceifadores continuam ceifadores. Sem abby eles não podem transformar os ceifadores de volta e indra pareceu ter um vínculo com aquele ceifador que encontraram no túnel. Acho que a ajuda inesperada que está por vir é indra e alguns outros grounder.

    • Carlinhos Maldonatto

      Olá, Lê… obrigado por comentar.

      Realmente é obrigação da Lexa olhar para o seu povo e fazer que for melhor para a segurança deles. Até tal momento ela acompanhou as ideias da Clarke, mas assim que surgiu a oportunidade de visar o melhor pro seu povo, ela agarrou. Concordo com você, ela não agiu inteiramente com a razão, a dor que ela sentiu pela posição da Clarke influenciou um pouco.

      Mas vamos torcer para as coisas mudar de figura no próximo episódio.

  • Gabriel Machado

    quando eu percebi o que estava acontecendo eu fiquei muito frustrado, e pensei: “todos vão morrer lá dentro”. Mas agora eu tenho certeza que a Clarke vai conseguir.

  • Arlem

    Depois dessa eu so quero duas mortes:
    Clarke matando a Lexa e a Octavia matando a Indra, duas ordinárias que tem que morrer de forma bem dolorosa.

  • Sol

    A atitude da Lexa me deixou pasmada e demorei um tempo pra entender. Acho que a Lexa fez o que era certo pra Lexa. A Clarke faria o mesmo? Tenho minhas dúvidas! Acho que a atitude da Lexa não foi a mais acertada por razões táticas. O transplante de medula vai deixar os Homens da Montanha longe dos grounders por um tempo, mas até onde meu conhecimento de biologia vai, as crianças que virão a nascer precisarão tbm do transplante. Não havendo mais povo do céu, o povo da montanha logo se voltará para os grounders de nv. Então, a curto prazo, o acordo da Lexa irá funcionar, já a longo…

  • Flávio

    Indra é uma mulher marcada pela dor, pela guerra e por perdas. Eu não gosto dela mas compreendo.

    Lexa foi covarde, aproveitadora. Dizem que agiu pela razão, mas ela agiu pela emoção. Só aceitou o acordo porque Clarke não deu esperanças pra ela. Só decidiu não mandar matar Octavia porque Clarke ameaçou ela e ela queria ficar de bem com a Clarke.

    Enfim, emoções nos aguardam quarta que vem. Não vejo a hora.

    PS: Os comentários do Disqus são infinitamente melhores tá. Volte pra eles, please !!

  • Amanda

    Esse episódio foi incrível as reviravoltas foram sensacionais.Eu estou amando como the 100 está colocando personagens femininas fortes e ao mesmo tempo complexas.
    O que a Lexa fez foi bem inesperado,mas é aceitável,você consegue entender o porque ela fez isso,sobre ela colocar os sentimentos nessa decisão eu discordo,ela deixou bem claro que ela fez essa escolha com a cabeça e não com o coração.
    E sim, eu acho que a Clarke iria fazer o mesmo,essa temporada inteira é basicamente ensinando ela a fazer esse tipo de decisão, se ela tivesse tão perto de ter o seu povo de volta e MW lhe oferece-se um acordo ela iria aceita-lo(e eu acho que a Lexa iria compreender, até ficaria orgulhosa).
    PS: Eu imagino como seria a reação do fandom se fosse o Bellamy a fazer isso.

  • Nara

    Eu acho que tudo o que vimos e uma estratégia de Lexa para cativar o coração da Clarke em primeiro lugar ela priorizou o povo dela jamais ela os abandonaria, mas com certeza Lexa levou em conta o que Clarke falou para ela quando estavam presas na jaula do gorila … sobre quando uma pessoa salva a vida de outra; é uma estratégia ariscada mas acho que Lexa e uma boa estrategista e não esta acostumada a ouvir um não. Na hora H ela vai ajudar a tirar Clarke da montanha. É uma jogada de emoções Lexa pergunta a Clarke o que ela ira fazer depois e ela diz que não sabe só quer o povo dela; Clarke esta pensando em seus amigos mas Lexa acha que é Bellamy que Clarke quer … e Clarke ainda não conseguiu parar para analisar o quando Lexa mexe com suas emoções.
    The 100 e d+ que venha o próximo episodio.

  • Adriana

    A ação da Lexa, na verdade, só me fez ter ainda mais respeito por ela. Porque como comandante sua primeira obrigação é com seu povo. E se ela tivesse recusado o acordo todo o seu povo dentro da montanha ia morrer, e ela invadiria só por vingança levando a mais mortes ainda de seu povo. Sem falar que mount weather não tem mais interesse no sangue dos grounders, o que faz com que esses não sejam uma ameaça urgente (não que no futuro continue assim, mas ninguém disse que era uma aliança permanente). Além de que ela tomou essa decisão as custas de um enorme preço pessoal, por que ela sabia que sua relação com a Clarke provavelmente não sobreveria a isso.

  • Marianna

    Eu realmente esperava um pouco mais de ação nesse episódio, mas ele foi bom! Ninguém esperava que fosse acontecer o que aconteceu e isso é sempre bom para o show e para mexer com o público.
    Em relação a Lexa, no momento do episódio, eu fiquei puta! Doeu! Hahahahahaha.. Mas depois analisando de cabeça mais fria, eu a entendi. Ela como líder tem a obrigação de proteger o seu povo, independentemente dos seus sentimentos. Ela sempre deixou claro pra Clarke que líderes tem que tomar decisões difíceis. Lexa provavelmente salvou centenas do seu povo de serem mortos e resgatou outra centena. E eu não duvido que a Clarke faria o mesmo.
    Não acho que a Lexa fez a sua escolha motivada a alguma emoção. Ela foi puramente racional, como essa própria disse.. “Mas eu fiz a escolha com a cabeça e não com o coração.”. Essa decisão deve ter doido na Lexa na mesma proporção que em nós!

    Enfim, mas ainda espero que a Lexa volte com o Lincoln pra ajuda a Clarke. Porque eu torço por Clexa! Hahahahahahaha

  • Ismael

    Achei mal feito esse capítulo em várias partes:
    1 – Como de repente aparece pessoas atirando de cima da Montanha? (quando esta estava cercada.) Entradas secretas? Não entendo. Me expliquem!

    2 – Outra pergunta sobre outro capitulo mas que envolve esse. Como a Clarke e a Lexa deixam um míssel atacar Tondc e matar todas aquelas pessoas se, vamos dizer relativamente, o tanto de pessoas que morreram em TONDC não seria a quantidade perto das que iriam morrer na montanha? Vamos dizer que elas queriam, não apenas salvar o povo delas e sim matar o povo que mora em Mount Weather da montanha, mas então porque a Lexa aceitou aquele acordo? Me expliquem!

    3 – E como também aqueles soldados sairam da Montanha enquanto tinha um exercito cercando a montanha para impedir o detonamento das bombas lá com a Raven? Não entendo. Me expliquem.

    Amo a série mas esse furos me deixam loouco!