Review – 2×12: Rubicon

Review – 2×12: Rubicon

Aquele típico episódio que ao final passamos bons minutos imóveis digerindo tudo o que aconteceu. The 100 não cansa surpreender com o desenvolvimento dos seus capítulos, e nós não estamos achando nem um pouco ruim.

Acredito que falo por todos quando digo: parabéns, CW, você conseguiu transformar uma série que era vista com olhos tímidos numa super máquina de destruição. Digo isso no sentido literal da palavra e no figurativo.  A produção do show em aspectos técnicos está excelente (figurino, fotografia e efeitos), acredito que essa fase da emissora em investir em séries de ação está influenciando o investimento na melhoria dos efeitos e da produção. Quando esses elementos alinham-se ao desenvolvimento da trama, vemos o quanto esse corpo está muito bem estruturado. É repetitivo falar, mas The 100 me surpreendeu (e continua surpreendendo) de uma forma que eu jamais esperava.

Claro que devemos ser realistas e enxergar que estamos na segunda temporada do show, onde as ideias estão completamente novas, o enredo ainda não foi completamente mastigado, os personagens ainda estão bem estruturados e nos mostrando seus contornos. Sabemos que um simples descuido pode comprometer todo esse bom desempenho, ou seja, querer se arriscar demais e criar algo maior do que a série suporta, pode se transformar na ruína da mesma. Também não podemos fechar os olhos pro gigantesco problema da CW que é estender seus shows além da linha do “saudável”, The Vampire Diaries e Supernatural são os principais exemplos disso.

Entretanto, enquanto The 100 não enfrenta essa fase (vamos torcer para que saibam continuar conduzindo de maneira satisfatória), vamos saborear os eventos decisivos de “Rubicon”. Esse episódio foi extremamente essencial para o desenvolvimento da iminente guerra entre Mount Weather e os Grounders (estou incluindo as pessoas da Arca aqui). As ações que precisavam ser feitas pelo Bellamy, apesar de alguns contratempos, surtiu os efeitos esperados, pelo menos por enquanto. E enquanto isso, Clarke sentiu o verdadeiro peso de ser uma líder quando precisou fechar os olhos para o sacrifício de alguns hoje, para que a guerra seja vencida amanhã.

the 100

A loira não esperava que Cage fosse rebater a sua ameaça de forma tão explosiva. Ela sabia que não havia mais tempo para salvar todas aquelas pessoas, e se o fizesse, entregaria a posição, até então, privilegiada do Bellamy. Poderiam ter ido em busca da fonte do sinal do míssil (já que ela estava ciente disto)? Sim… mas que graça teria se ela fizesse, não é? Essa situação serviu para duas coisas: a primeira se dá no fato de fortalecer a Clarke nas decisões que precisam ser tomadas. A segunda fica por conta da reação da Abby ao ver a frieza da filha e, mais tarde, causar todo aquele reboliço safado quando essa história vier à tona. Mas como a Indra disse à Octavia, “um guerreiro não chora por aqueles que perdeu depois que a batalha está ganha”, logo, se eles conseguirem libertar as pessoas em MW e vencer essa guerra, acredito que a loira possa respirar tranquila e livre de represálias.

Dentro de Mount Weather, por enquanto, a situação parece correr como o planejado. Apesar de termos perdido mais alguns por conta do fatal tratamento comandado pela doutora do mal, Bellamy conseguiu fazer com que os sobreviventes tivessem mais fôlego para lutar, e com a ajuda da Raven (e do Dante, obrigado, senhor presidente) uma pequena dose de radiação fez todo o trabalho sujo pelos garotos. “Espero que saiba que você é incrivelmente especial para nós”. Karma’s a bitch, right? #ChupaDoutora

The 100 2x12

Então vocês me perguntam: mas e o Jaha? Sinceramente, por mim ele poderia explodir, mas como a série precisa dele para iniciarmos o novo arco no Terminus, ops… City Of Lights, vimos que sua caminhada até essa tal terra prometida será recheada de desafios. Jaha é extremamente vulnerável por ver o bem em todas as pessoas, mas nas condições em que as pessoas na Terra vivem, sobreviver é o mais importante, e para tal, o que tiver de ser feito, será feito. O primeiro obstáculo que seu grupo enfrentou se deu por conta de dois nômades que usaram de sua boa fé, roubaram seus pertences e, de quebra, dividiu o grupo.

Pela a moça ter sentido um breve foguinho nas partes íntimas por conta do Murphy, deu a direção para que eles conseguissem chegar ao seu destino. Entretanto, desprovidos de tudo, parte do grupo decidiu voltar para o acampamento ao invés de seguir uma jornada sem esperança. Enfim, sabemos que o Jaha encontrará alguma coisa, até porque os produtores não o soltariam do grupo sem que isso fosse render algo, e também essa guerra contra Mount Weather não será eterna, logo, um novo arco precisará ser iniciado, e a migração do povo para essa terra prometida é o que nos movimentará em breve.

Enfim, espero que vocês estejam gostando da forma como The 100 vem se apresentando e que queiram deixar os seus comentários.

Até breve.

Obs.:

  • Como não amar esse amadurecimento da Octavia? Que lição de moral ela deu no Lincoln.
  • Apesar de ter curtido bastante a fuga dos meninos, sei que eles tem poucas chances de manter essa força. Eles só tinha o trabalho de rebater os guardas, mas nem se esforçaram… se não fosse o Bellamy, o Jasper estaria morto agora.
  • Leo

    bom texto cara, a cada ep q passa, eu fico mais fã do Johnny Whithworth, o cara é fera!!!

    • Carlinhos Maldonatto

      Obrigado por comentar, Leo.

  • Greicy

    O episodio encaminhou a segunda temporada, isso significa que a final vai ser arrasadora!!! kkkkkkk
    só espero que o kane nao tenha morrido e que agora a Lexa largue mão de ser tão badass kkkkkk largar o povo pra ser bombardeado foi bem tenso! Esse review tá ó: perfeito! As observações finais então! demais! kkkk

    • Carlinhos Maldonatto

      Greicy, com certeza. Esse episódio nos deu uma abertura muito grande para o próximo arco da série. Acredito que os próximos episódios serão muito decisivos.

      Acho que o Kane não morreu. Ele e a Indra entraram no abrigo antes da explosão, o que acredito que será usado para justificar os dois estarem vivos.

      Obrigado por comentar.

  • Maysa

    Olha, a serie esta me surpreendendo mesmo, mas sobre a review uma critica construtiva, entre mais nos detalhes, está muito superficial, falta informação e tals, minha opinião, mas vejo potencial em vc.

  • Júlia Maira

    Ótima Review! Estou lendo suas reviews sempre que termino de ver o episódio! Concordo com tudo, principalmnte com a parte do Jaha explodir! kkkkkkk!.
    P.S.: Morri com o “Pela a moça ter sentido um breve foguinho nas partes íntimas por conta do Murphy…” kkkkkkkkkkkk!