5 razões pelas quais você deve assistir The 100

5 razões pelas quais você deve assistir The 100

Uma das redatoras do blog do People’s Choice, Rachael Ellenbogen, fez uma lista com 5 razões que a fizeram ficar viciada em The 100 e sempre estar atualizada com os episódios. Confira!

Graças à internet, TV a cabo, TV a cabo com canais premium e transmissões ao vivo, não falta bons programas de TV para assistir. Com tanto conteúdo, é fácil esquecer de uma série que não conseguiu chamar sua atenção com o seu nome por si só ou uma que você nunca ouviu falar para inicio de conversa.

Como alguém que assiste a mais ou menos 20 séries, eu entendo esse conceito. Eu sou uma grande fã da CW, e é por isso que em março de 2014, eu estava animada para começar a assistir The 100. Uma série sobre adolescentes que viveram no espaço e são enviados a Terra para ver se a sua atmosfera pós-apocalíptica é habitável, e encontram muitos inimigos — tanto em seu próprio grupo quanto nas pessoas de fora. Sete episódios mais tarde, eu estava intrigada, mas por fim, tive que parar de assistir, pois eu tinha muitas outras séries para acompanhar. Eu ficava cada vez mais com episódios atrasados, mas finalmente, consegui atualizá-los.

Até duas semanas atrás.

Foi quatro dias antes da estreia da terceira temporada da série que eu achei que era um bom momento para assistir os novos episódios, talvez até terminar a 2ª Temporada. O resultado? Eu assisti 15 episódios no primeiro dia e os últimos sete no dia seguinte e fiquei completamente viciada em uma das melhores séries de TV.

Aqui estão cinco razões pelas quais eu decidi voltar a assistir The 100 e pelas quais você deveria estar assistindo, também:

1. O constante coração acelerado pela ação e aventura

A maioria das séries têm episódios com muita tensão, mid-seasons meio clichês, e finais – The 100 é simplesmente cheio de tensão. A série nunca tem um episódio chato ou um episódio sem nenhuma importância ou acontecimento emocionante. Cada episódio irá fazê-lo roer suas unhas, fazer você repensar qual personagem é o seu favorito/menos favorito, e quem na série é confiável (ninguém, na verdade).

2. Fortes personagens femininas

Quem se torna líder dos jovens enviados a Terra? Uma jovem mulher (ok, há um co-líder masculino, mas ela acaba praticamente assumindo todo o papel). Último líder da Arca? Uma mulher (e o que é ainda mais interessante, ela é a mãe da líder que mencionamos anteriormente). Líder do exército da Arca? Uma mulher. Líder dos cruéis Grounders? Uma mulher. Fortes personagens femininas estão por toda parte na série, não apenas como as líderes de diferentes grupos, mas também para o resto das mulheres na série. Nenhuma delas é impotente, todas elas são incrivelmente inteligentes, fortes e valentes.

3. A originalidade e a sinceridade

A violência não é novidade na TV, mas é diferente quando os jovens são os que agem violentamente. Quase tudo o que estes personagens fazem parece genuíno e sincero, como se fossem pessoas reais nesses cenários realmente caóticos. Todo mundo diz que é isso, não importa as consequências. Todos eles defendem suas convicções e o que acham que é melhor. Eles estão vivendo estas vidas intensas e extremas, mas eles ainda arrumam um espaço para relacionamentos – tanto românticos como platônicos. Mas eles fazem isso de uma maneira que é muito diferente na maioria dos dramas, já que os relacionamentos românticos não são o foco principal da série. Eles estão lá porque eles estariam lá se esta fosse a vida real. Mas todos os personagens na série entendem que o drama sobre o seu namorado se apaixonar por outra pessoa não é nada comparado com o drama de ter grupos inimigos vindo para matá-los.

4. Personagens com muitas falhas (*inclusive e especialmente* com a liderança)

Eu não estou falando personagens falhos como: “OMG, ela acabou de beijar o meu namorado” ou “Hum, você vê como ele trata todos em torno dele? TÃO rude!”. Para falar a verdade, essas coisas estão presentes na série e mais um pouco. E um pouco mais. E mais. Mas não é isso que faz esses personagens serem intrigantes. Em The 100, todos os personagens têm vários lados e suas opiniões podem mudar de um episódio para o outro e no próximo. É chato ter o que o “personagem significa” e isso é tudo o que ele ou ela é. Que o personagem é doce, ou que o protagonista sempre faz tudo certo. A personagem principal nesta série, Clarke, é uma líder nata e sempre tenta fazer o que ela acha que é melhor para todos ao seu redor. Mas muitas vezes se envolve em traição, conivência, e mata. Você sabe, o de sempre.

5. Olha detalhadamente a moralidade humana

Esses personagens imperfeitos tem um milhão de razões para serem dessa forma – viver a vida inteira no espaço, se meter em alguns problemas e ser enviado a Terra para “ver se é habitável”, também conhecido como morrer. Mas não foi isso que aconteceu, e agora eles tiveram que fazer (e devem continuar fazendo) de tudo em seu alcance para sobreviver em sua nova casa, com vizinhos não tão amigáveis, e de estar em um grupo de adolescentes onde todos querem ser o líder. Devem saber como manipular as coisas e eles têm feito isso muito bem, já que ainda estão vivos. Bem, alguns deles estão. Todos os dias é matar ou morrer, e matar é o que eles fazem. E às vezes eles matam, não para sobreviver, mas como vingança ou por aquilo que suas mentes aflitas acham que está certo. Esta série leva os personagens a fazerem algo que nunca mais poderá ser desfeito. A série mostra como todas essas diferentes situações podem afetar a estabilidade mental de cada personagem e que é uma obscura e emocionante aventura.


Agora que você já está convencido de que deve começar a assistir The 100, podendo ver os episódios sempre que quiser na Netflix e depois acompanhar os novos na The CW, nas quintas-feiras, às 00hs.

© Tradução: Karla Nogueira – Equipe The 100 Brasil – Não reproduza sem os créditos.